Convenção Nacional de Solidariedade a Cuba – ato na Ponte da Amizade encerra encontro

19 junho de 2013

Texto e fotos: Alexandre Haubrich / Jornalismo BDSCF2199

Na manhã do último sábado (15) Uma aglomeração de pessoas diferentes das costumeiras chamou a atenção de quem cruzava a Ponte de Amizade indo do Brasil ao Paraguai ou fazendo o caminho contrário. Em vez de eletrônicos, mantas e tênis recém adquiridos, o grupo de cerca de 60 pessoas carregava faixas de protesto e bandeiras de Cuba. Em vez de intenção de comprar ou de vender, o que queriam era prestar solidariedade à Revolução Cubana e pedir a libertação dos Cinco Heróis, cubanos antiterroristas presos nos Estados Unidos. O ato seguiu-se à Convenção Nacional de Solidariedade a Cuba, encerrada no dia anterior em Foz do Iguaçu.

Aproximava-se das nove horas da manhã quando os manifestantes começaram a posicionar-se no meio da ponte, portando uma enorme bandeira cubana e faixas alusivas à Convenção, às organizações ali representadas e aos Cinco Heróis. Além dos brasileiros, também participaram militantes venezuelanos, presentes no evento para apresentar o VII Encontro Continental de Solidariedade a Cuba, que acontece em Caracas no fim de julho.

Até o meio-dia os ativistas, encabeçados pela Associação Cultural José Martí, gritaram palavras de ordem em defesa da soberania de Cuba e receberam algumas manifestações de apoio de motoristas e pedestres que atravessavam a fronteira.

Júri da Consciência

Eventos

Publicações

FacebookTwitterLinkedinRSS Feed

Apoiadores

Desenvolvido por Eagle - Tecnologia e Design