Convite para quem luta pela qualificação da saúde no Brasil.

As reações raivosas e saturadas de xenofobia e racismo das entidades representativas e de centenas de médicos e estudantes de medicina brasileiros contra a chegada de médicos estrangeiros – principalmente os cubanos – ao Brasil têm despertado constrangimento e repulsa aos demais ativistas do país e do exterior que lutam pela integração e a solidariedade entre os povos.

Neste sentido a Associação Cultural José Marti do RS vem registrar publicamente o seu repúdio ao comportamento daquelas e daqueles profissionais que de forma imatura e desprovida de qualquer ética só contribuem para escancarar o nível de desumanização e reforçar a vergonhosa mercantilização da saúde no Brasil.

Sem considerar a urgência no atendimento em saúde de milhões de brasileiras e brasileiros historicamente desassistidos, estes profissionais adotam as referências que lhes convêm para justificar a hipocrisia dos seus discursos e manipular os reais interesses corporativos que envolvem a defesa da qualidade do serviço médico para a população brasileira.

Para nós, militantes da Associação Cultural José Martí e as centenas de entidades e ativistas que nos apoiam será um orgulho receber em nosso Estado estes médicos “sem fronteiras”, que trazem na bagagem o desejo de ver o Brasil melhor e de minimizar o sofrimento de um povo alijado dos direitos sociais. E certamente é isso que preocupa: a vinda de humanistas, de pessoas que são leais aos princípios que norteiam a sua profissão.

Que venham 10, cem, mil médicos e os receberemos de braços abertos. Que venham os médicos cubanos, assim reforçaremos a nossa fé de que “outro mundo é possível”! Que venham os médicos cubanos com a sua força internacionalista, com a sua vontade de mudar, com o seu sorriso e a sua ternura. “Que venham aos milhares”!

Quem luta pela saúde e pelos avanços na qualidade de vida do povo brasileiro está convidado para comparecer, na próxima segunda-feira (2), às 18h, em frente ao Palácio Piratini, para homenagear os primeiros 44 médicos estrangeiros e brasileiros - muitos formados em Cuba -, que chegam ao Rio Grande do Sul e serão recebidos pelo Governador do Estado. E que a participação nesta homenagem não seja impulsionada por decisões ou impedimentos ideológicos ou partidários, e sim pelo respeito que estes jovens médicos e os desprovidos em saúde merecem de nós. Compareçam!


Associação Cultural José Martí/RS

Júri da Consciência

Eventos

Publicações

FacebookTwitterLinkedinRSS Feed

Apoiadores

Desenvolvido por Eagle - Tecnologia e Design